sábado, outubro 31, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Acordo do governo promete reduzir pontos monitorados em rodovias

- Publicidade -

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, falou na última segunda-feira, 15, sobre uma série de mudanças em relação ao controle de velocidade nas estradas. Uma delas inclui o número de pontos monitorados em rodovias administradas pela União.

Leia também: 11 maneiras bestas de tomar multa

Freitas falou sobre um acordo entre governo federal e Ministério Público Federal (MPF) para reduzir de 8 mil para 2,2 mil o pontos que monitoram a velocidade dos veículos.

Além disso, o ministro afirmou que o governo pretende instalar mil radares para controle de velocidade nessas rodovias.

Lista de radares em Jundiaí – verdadeira ou falsa?

“A gente verificou tecnicamente onde são os pontos que obrigatoriamente tem que ter radar e chegamos a mil equipamentos para 2,2 mil faixas monitoradas”, diz o ministro.

Antes, o contrato assinadona gestão de Temer estabelecia a instalação de 8.015 radares em cinco anos. A operação estava orçada em R$ 1 bilhão. Porém, a instalação dos novos aparelhos foi suspensa em abril, após questionamentos sobre a medida.

O ministro disse que, em um cenário de corte de gastos no governo, não seria razoável manter o contrato como estava. “Não é só o radar que salva vidas, a manutenção rodoviária, a correção geométrica, a sinalização salvam vidas”, ele afirma.

De acordo com o ministro, a revisão pode significar a economia de cerca de R$ 600 milhões para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

 

Adaptado de Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados