sábado, outubro 31, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Barbie caminhoneira – marca lança boneca comemorativa de 60 anos

- Publicidade -

Barbie, a boneca mais famosa de todos os tempos. Por muitos anos ela foi vista como um mau exemplo para meninas por idealizar corpos e vidas perfeitos, mas há algum tempo já a marca vem buscando mudar essa imagem. Neste mês de março, em seu aniversário de 60 anos, a Mattel, fabricante do produto, lançou uma linha com 20 bonecas especiais homenageando 20 mulheres inspiradoras da atualidade. Entre elas surgiu a Barbie Caminhoneira, inspirada na polonesa Iwona Blecharczyk.

Que é Iwona Blecharczyk, a barbie caminhoneira?

Iwona e seu caminhão no gelo.
Iwona e seu caminhão no gelo.

Iwona era professora e designer, porém, em 2011 resolveu cair na estrada e virar motorista profissional. Ela foi uma das primeiras mulheres a fazer transporte especial na Polônia e também a primeira polonesa a aparecer na série Caminhoneiros do Gelo. Iwona dirige veículos de até 54 metros e 63 toneladas.

Iwona mostrando que não é só na Brasil que os caminhoneiros enfrentam lama
Iwona mostrando que não é só na Brasil que os caminhoneiros enfrentam lama

Em 2014, a caminhoneira começou a mostrar sua rotina em um canal no Youtube (que você pode acessar clicando aqui). Hoje, o canal tem 254 mil inscritos. Os vídeos são feitos em polonês com legenda em inglês (o que permitiu que ela ficasse famosa fora de seu país).

Além do canal, Iwona ainda é embaixadora da Truckers Life Foundation (Fundação Vida de caminhoneiro, em tradução livre), que popularizou academias 24h em pátio de postos para promover um estilo de vida mais saudável para motoristas profissionais.

Por sua trajetória e atuação em um ramo normalmente tido como masculino, ela ganhou a homenagem da Mattel e virou a Barbie Caminhoneira.

Iwona, a Barbie Caminhoneira

Caminhoneiras brasileiras

No Brasil também não faltam exemplos de mulheres no trecho. Muitas têm seus canais no Youtube também, como Anailê do Jacaré, que tem 245 mil inscritos, e Sheila Bellaver, que tem mais de 1 milhão de inscritos.

Em uma matéria especial para o Dia das Mulheres, a maioria delas destacou a dificuldade de encontrar banheiros como o maior desafio feminino na estrada (leia a matéria completa aqui). O preconceito ainda existe, mas elas afirmam já ter melhorado muito nos últimos anos

Outras homenageadas com bonecas Barbies

A cientista em medicina regenerativa Eleni Antoniadou, da Grécia
A cientista em medicina regenerativa Eleni Antoniadou, da Grécia

Além da barbie caminhoneira, outras 19 bonecas homenagearam 19 mulheres de destaque, entre elas atrizes, ativistas, esportistas, jornalistas, escritoras, cientistas, chefs de cozinha, diretoras, bailarinas e muito mais.

A surfista brasileira Maya Gabeira também ganhou uma boneca. Ela, que começou a surfar aos 14 anos, já ganhou diversos prêmios e campeonatos mundiais de surfe em ondas gigantes. Foi a primeira mulher a surfar no mar do Alasca e, em 2018, tornou-se a primeira mulher no Guinness Book por surfar ondas gigantes, tendo surfado uma onda recorde de 20,7 metros.

A surfista brasileira Maya Gabeira
A surfista brasileira Maya Gabeira

Você pode conferir as demais bonecas neste link aqui.

Entretanto, para a tristeza de muitos, as bonecas foram homenagens e presentes especiais. Não estarão a venda.

Por Paula Toco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados