segunda-feira, setembro 20, 2021

Campanha ‘Maio amarelo’ registra queda em acidentes na BR-163

O ‘Maio Amarelo’ de 2019 começou com redução de 12,5% em acidentes na primeira quinzena ao longo do trecho sob concessão da BR-163, em Mato Grosso. O resultado é o melhor registrado pela Rota do Oeste nos últimos cinco anos. A campanha segue até o final do mês, com ações de conscientização da Concessionária e blitzes educativas da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Veja também: DNIT retoma pavimentação na BR-163/PA

acidentes BR-163 MT

O gerente de Operações da  Rota do Oeste, Wilson Ferreira, destaca ainda a redução no número de atendimentos mecânicos registrados no período. De 1º a 15 de maio deste ano, foram 1.370, quantidade 14,6% menor ao mesmo período de 2018. Com 79% dos casos, a pane mecânica segue como o principal atendimento realizado pelas equipes operacionais da Concessionária.

“É um resultado que demonstra o aumento no cuidado dos usuários com a revisão do veículo, algo que sempre orientamos em todas as campanhas voltadas para a segurança viária. O ‘Maio Amarelo’ vem para reforçar a importância destes cuidados e como eles podem representar um trânsito mais seguro na rodovia”, pontua Ferreira.

Outra mudança identificada na BR-163 durante a primeira quinzena de maio é quanto aos tipos de acidentes mais frequentes. Em 2019, das 127 ocorrências registradas, 18% foram saídas de pista. No ano passado, a colisão traseira foi a mais frequente, com 20% do total.

Este ano, o tema da campanha do Maio Amarelo da Rota do Oeste é “Quando você multiplica sua atenção, você soma com a vida”. O objetivo é reforçar a atenção e cuidados básicos na direção, como ultrapassagens em locais permitidos, uso do cinto de segurança e respeito aos limites de velocidade.

 Confira o vídeo da campanha: 

Confira também: Governo pretende privatizar trecho da BR 163

Informações da assessoria Rota do Oeste

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados