Matéria atualizada em 04/12/2018.

O Ministério das Cidades anuncia que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) terá um novo formato a partir de janeiro de 2019. O documento, atualmente de papel, será semelhante a um cartão de crédito, de plástico e com chip, para aumentar a segurança e evitar fraudes. Depois do anúncio da CNH digital, que está prevista para ser disponibilizada em fevereiro de 2018, agora o Denatran anuncia a chegada da CNH em cartão, formato que promete mais durabilidade ao documento.

Em 30 de novembro, entretanto, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou a Resolução 747, que adia a obrigatoriedade da CNH em cartão nos Detran de todos os estados e Distrito Federal para 2022. Clique aqui para entender.

CNH em cartão

Além de maior resistência e durabilidade, a nova CNH em cartão considera a possibilidade de inserção de dados e informações relativas aos condutores nos chips, bem como facilita acesso a certificados digitais. Ela amplia as possibilidades de utilização dos documentos, a consulta e a verificação de inúmeros dados.

CNH em cartão

Os motoristas também poderão usar o documento para pagamento de pedágio, de transporte público e para controle de acesso (prédios públicos, universidades, estacionamentos etc.). Por outro lado, a fiscalização dos órgãos competentes poderá ser mais rápida.

Até 31 de dezembro de 2022 os órgãos e as entidades executivas de trânsito dos estados e do Distrito Federal deverão adequar seus procedimentos para adoção do novo modelo da CNH.

 

Adaptado de Ministério das Cidades

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here