sexta-feira, outubro 30, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

CNH Industrial investe US$ 250 milhões em caminhões a hidrogênio

- Publicidade -

A Nikola, empresa startup que pretende trazer caminhões a hidrogênio, anunciou que recebeu um investimento de US$ 250 milhões da CNH Industrial, banco da Iveco. A tecnologia dos caminhões Nikola usa células de combustível de hidrogênio para alimentar motores elétricos.

Assista ao vídeo: Caminhão autônomo – é o fim do caminhoneiro?

caminhoes a hidrogenio nikola

Hoje, segundo o portal Road Show, a Iveco opera 28 mil caminhões e ônibus com motores a gás natural da FPT. Cada parceiro disse que a tecnologia das células de combustível de hidrogênio é um próximo passo lógico.

Pelo anúncio de terça-feira, Iveco e FPT Industrial (empresa do grupo CNH Industrial voltada para motores a diesel) trarão seu histórico de fabricação de engenharia para ajudar a preparar os trens de força e caminhões da Nikola para produção.

Leia também: 8 tecnologias para o futuro dos caminhoneiros

O trabalho se estenderá aos três modelos Nikola anunciados: One, Two e Tre , que são, respectivamente, com cabine leito, cabine sem leito e do segmento de caminhões pesados, respectivamente. Este último é especificamente para a Europa.

No curto prazo, as duas empresas também trabalharão para implementar a tecnologia de caminhões da Iveco, chamada S-Way, no modelo Tre. Em 2022, quando a Nikola espera lançar todos os seus três modelos, a empresa pretende alavancar a rede de vendas e serviços da Iveco, além de seu canal de garantia, para entrar na Europa com mais eficiência.

Leia ainda: Caminhões elétricos – veja 5 fatores que mudam para o motorista

A Nikola ainda está trabalhando com parceiros para construir uma rede de reabastecimento de hidrogênio, algo fundamental para a startup se quiser vender seus caminhões nos EUA. A empresa ainda não forneceu novas informações sobre esse projeto.

Anteriormente, a Nikola disse que queria construir 364 estações de hidrogênio nos EUA. Com um tanque cheio de hidrogênio e uma bateria carregada, o Nikola One pode percorrer entre 800 e 1,2 mil milhas.

No início de 2018, a Nikola anunciou que escolheu o Arizona para fabricar seus caminhões de células de combustível. No final daquele ano, a cervejaria Budweiser, Anheuser-Busch, declarou ter encomendado 800 veículos Nikola Two. Com a CNH Industrial à bordo, vemos que as encomendas estão aumentando a cada dia.

Adaptado de Road Show

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados