segunda-feira, agosto 10, 2020
- Publicidade -

Conheça o Nikola One, o caminhão que promete revolucionar o mercado

- Publicidade -

Para a tecnologia, o céu é o limite. A cada dia vemos mais recursos sendo inseridos nos veículos de carga e depois do caminhão semiautônomo da Mercedes-Benz, pouca coisa é considerada totalmente original. Ainda assim, a Nikola Motor Company promete balançar tudo que conhecemos de caminhão atualmente com o seu Nikola One.

Nikola One

Dois de dezembro. Marque esta data. É neste dia que a empresa afirma que lançará o caminhão revolucionário. Mas afinal, o que ele tem de diferente?

A primeira diferença é que ele será um híbrido elétrico com gás natural que nunca precisa ser carregado. Segundo a empresa, as baterias serão recarregadas durante a rodagem, principalmente quando o caminhão pegar decidas e precisar frear. Essa energia que hoje se dissipa em forma de calor (e muitas vezes faz o pneu pegar fogo), será usada para recarregar as baterias.

A Autonomia é outro diferencial. Ainda segundo a Nikola Motor Company, o veículo poderá percorrer quase 2 mil quilômetros sem precisar reabastecer. Isso graças a tecnologia híbrida e também ao design aerodinâmico que diminui a resistência do ar.

Baterias do Nikola One ficam na parte traseira e nunca precisam ser carregadas
Baterias do Nikola One ficam na parte traseira e nunca precisam ser carregadas

Robustez

O Nikola One tem 335 cavalos em seu motor elétrico, mas a empresa garante que a combinação das tecnologias conferem a ele uma potência de 2 mil cavalos. O veículo será um 6×6 capaz de tracionar 36 toneladas. E segundo a empresa, com metade dos custos de um modelo a diesel. Sem falar, é claro, de ser um veículo muito mais limpo. A companhia garante ainda o dobro do torque e o dobro da velocidade na subida que os veículos na mesma faixa de peso. A Nikola ainda afirma que o caminhão é quase uma tonelada mais leve, o que permitiria levar uma tonelada a mais de carga.

Conforto do motorista

O Nikola One não promete só economia, promete também muito conforto para seus ocupantes. A cabine é anunciada como luxuosa e equipada com TV 42 polegadas, teto solar, geladeira e freezer, 2 camas grandes e até micro-ondas. Segundo o anuncio, o motorista pode usar todos esses equipamentos por até uma semana sem que a bateria se descarregue. O caminhão ainda terá centro de gravidade mais baixo, o que dará maior segurança para o motorista.

Interior do Nikola Zero, o veículo leve da empresa, também protótipo
Interior do Nikola Zero, o veículo leve da empresa, também protótipo

Promoção de lançamento

A empresa está bastante agressiva em relação aos custos do produto. O valor anunciado é de U$ 5.000,00/mês, mas isso inclui o leasing, o combustível, garantias e programa de manutenção. Para os primeiros 25 mil caminhões comprados, a Nikola está dando o combustível nos primeiros 1.600.000 (um milhão e seiscentos mil) quilômetros, ou seja, toda a vida útil do caminhão e mais um pouco.

Os interessados podem fazer sua pré-reserva no site do Nikola One por U$ 1.500. Segundo a empresa, desde o lançamento foram mais de 7 mil reservas. A Nikola Motor Company acredita que vai passar montadoras consagradas como Daimler e Volvo em no máximo 2 anos.

A promoção de lançamento do Nikola One é agressivo
A promoção de lançamento do Nikola One é agressivo

E isso não está muito bom pra ser verdade?

Não sabemos. A empresa está anunciando e inclusive pedindo para que as pessoas que queiram ir ao lançamento oficial se inscrevam em seu site, mas até agora todas as imagens disponibilizadas são de desenhos e não de produtos reais.

Outra dúvida é como uma companhia que não fabrica caminhões surge com um conceito totalmente novo e promete revolucionar o mercado em apenas seis meses. Embora em seu site, a empresa afirme que o projeto já tem 3 anos, mas vinha sendo mantido em segredo.

A Mercedes-Benz, que já é um fabricante de longa data, trabalhou mais de 4 anos para lançar seu Ônibus do Futuro (veja matéria aqui), então essa rapidez da Nikola realmente chama atenção.

Se você quiser visitar o site da empresa, clique aqui. Lá eles dão mais detalhes do produto, como marca de eixos, suspensão e ainda fazem comparações com os veículos a diesel. Abaixo um vídeo (em inglês) que fala mais do produto e mostra os protótipos. Mas e ai, qual a sua opinião, teremos algo que revolucionará o mercado, ou estamos todos caindo em uma grande pegadinha?

Por Paula Toco

3 COMENTÁRIOS

  1. bom seria ótimo se acontecer,, agora o governo vai deixa esse caminhão roda aqui no brasil? kkkkkkkk duvido ,, o que ele vai fazer com o diesel que vai sobra ,,,70% do diesel é consumido por caminhões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados