Nova linha Tector
Nova linha Tector

Como parte de seus investimentos nos modelos 2017 (clique aqui e conheça os lançamentos em leves, pesados e vocacionais), a Iveco trouxe para o mercado diversas mudanças na nova linha Tector, com veículos específico pensados no uso em cada aplicação.

Tector 170E21

No segmento de 17 toneladas 4×2, a montadora identificou que 80% do uso é urbano de coleta e entrega, por isso pensou em um produto que tivesse melhor desempenho nesse tipo de aplicação. A ideia da montadora com o Tector 170E21 é atender esse público que não roda longas distâncias e nem a grandes velocidades, mas que tem freia e arranca várias vezes ao dia, precisando de retomada de velocidade constantemente. A solução encontrada foi aumentar o torque do veículo.

O veículo é equipado com motor de quatro cilindros, 4,5 litros, com 206 cv de potência e 720Nm de torque. Sua capacidade de carga cresceu em cerca de 150 kg devido à redução de peso do veículo, segundo a montadora. A nova versão também promete mais conforto, pois conta agora com a nova suspensão de cabine coxim/mola, no lugar de coxim/coxim.

Iveco Tector 240E30
Iveco Tector 240E30

Tector 240E30

Já o segmento de 24 toneladas, segundo a montadora, tem um perfil rodoviário, que responde por 80% do uso desse modelo. Nessa aplicação, a busca foi por mais agilidade e menor consumo de combustível. O novo motor tem seis cilindros, 6,7 litros, que antes tinha 5,9 cilindradas, com 1050 Nm de torque (ante 950 Nm) e 300 cv de potência.

Como o perfil é rodoviário, ele tem cabine leito teto baixo.

Iveco Tector 310E30 8x2
Iveco Tector 310E30 8×2

Tector 310E30

Com este modelo a Iveco entra no mercado dos 8×2 direto de fábrica, tendência no mercado por conta do incremento de capacidade de carga que gera sem tanto aumento em pneus e outros custos. Para se ter uma base de comparação, são necessários 5 caminhões 6×2 para carregar o mesmo que 4 caminhões 8×2. O quarto eixo é direcional e a montadora destaca o suspensor pneumático e para os suportes do sistema de direção do segundo eixo, que são fundidos.

A nova linha Tector está inserida no pacote de revisão com preço fixo, para 40 e 80 mil km, e também conta com a disponibilidades d e peças remanufaturadas, com o destaque para as embreagens, que passam a fazer parte do portfólio da marca a partir de maio.

Por Paula Toco

3 COMENTÁRIOS

  1. Beleza o iveco, será que economisaram no conforto do motorista,conforme edições anteriores, ex: não tem porta luvas não tem caixa nas portas só tem um quebra sol,não tem sequer onde guardar documentos quem dirá as notas fiscais ou outros documentos, tremendo caminhão com tanta tecnologia avançada, esqueceram da pecinha básica que fica jogada atrás do volante.

    • Paulo, quem economiza não é a Iveco e sim quem compra. Se pesquisar um pouquinho verá que existem versões mais completas que muito carro de passeio. É só pagar por isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here