quarta-feira, outubro 21, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Motorista cai em golpe do anúncio de frete e tem caminhão roubado

- Publicidade -

Quando o assunto é agregamento, todo cuidado é pouco, tanto por parte do motorista quanto da empresa que contrata. Um caminhoneiro teve seu caminhão e semi-reboque roubados após cair no golpe do anúncio de frete. O motorista ainda ficou cerca de 24 horas em cativeiro.

Veja também: Roubo de cargas milionárias – relembre 6 casos ocorridos no Brasil

 

Entenda o caso

O caminhoneiro, que é proprietário de uma emprega que fica em Itaquaquecetuba (SP), viu um anúncio de frete em um site especializado na sexta-feira, 23. Era uma carga de tintas que deveria ser carregada em Campinas e descarregada em Ponta Porã (MS).

Ele telefonou para o agenciador indicado na página, que lhe pediu para enviar cópias do documento do veículo e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e, em seguida, o proprietário da carga entraria em contato.

No dia seguinte, um homem ligou para o motorista, disse que era o proprietário da carga e pediu informações do comprimento da carroceria e se havia rastreador no caminhão. O veículo vale cerca de R$ 350 mil.

Ainda por telefone, os dois combinaram o valor do frete e o contratante disse para o motorista fazer o carregamento na avenida Roque Melilo, em Campinas. Quando chegou no endereço, no sábado à tarde, o motorista foi atendido por dois homens. Eles pediram o documento do veículo e, em seguida, anunciaram o roubo.

O motorista do caminhão foi colocado dentro de um carro e levado para uma chácara, em Nova Odessa. A vítima foi mantida refém nesse local até as 16h20 de domingo, 25, quando foi liberto no bairro Chácara Letônia, em Americana, interior de São Paulo.

O motorista foi até a Polícia Rodoviária, comunicou o roubo e o caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária. A investigação do caso será conduzida pela Polícia Civil de Campinas, onde o roubo aconteceu.

Ouça o podcast: Dúvidas ao vivo – roubo de cargas e restrições nas estradas

 

Com informações do O Liberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados