sábado, julho 24, 2021

Pedágios de São Paulo sofrem aumento de 8%; confira os novos valores

Desde 0h de quinta-feira, 1o de julho, as tarifas de pedágios no estado de São Paulo ficaram mais caras, com aumento de 8,05% no valor. De acordo com a Agência Reguladora de Transporte (Artesp), o reajuste foi baseado na correção da inflação pelo indicador econômico IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) entre junho/2020 e maio/2021.

O aumento dos pedágios passa a valer nas rodovias administradas pelas 17 concessionárias pertencentes às três primeiras etapas do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo: CCR Autoban, AB Colinas, Ecovias, Intervias, Renovias, CCR SPVias, Tebe, AB Triângulo do Sol, CCR ViaOeste, CART, Ecopistas, CCR Rodoanel, Rodovias do Tietê, Rota das Bandeiras, SPMar e ViaRondon e Tamoios. 

Também foi autorizado o reajuste da concessionária Entrevias, que entrará em vigor na semana que vem, no dia 6 de julho. As cinco praças da concessionária Eixo-SP tiveram os valores reajustados no início do mês passado.

Onze praças da ViaPaulista, localizadas na região de São Carlos, não sofrerão alterações nos valores neste momento, pois os prazos contratuais são diferentes das demais concessionárias.

Novas tarifas dos pedágios

Confira na tabela abaixo as novas tarifas das principais rodovias de São Paulo:

tabela com os valores mostrando o Aumento dos pedágios de São Paulo

Para quem quiser ver os novos valores de todas os pedágios e praças que sofreram reajuste no estado, é só clicar aqui (página 4 a 6).

Veja também: Bolsonaro sanciona lei do pedágio free-flow e primeiro teste do sistema em rodovia federal deve ocorrer na Dutra

 

Por Wellington Nascimento com informações de Artesp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados