sábado, outubro 31, 2020
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Prefeitura e Renovias disputam restrição para caminhões na SP 342

- Publicidade -

A Prefeitura de Águas da Prata (SP) e a concessionária de estradas Renovias estão em uma disputa judicial para decidir se haverá restrição para caminhões na SP 342.

Ouça o podcast: Restrições para caminhões em centros urbanos são justas?

restricao para caminhoes na SP 342
Avenida Washington Luiz | Imagem: Prefeitura de Águas da Prata

Tudo começou na quarta-feira, 10, a prefeitura publicou um decreto que proibia a circulação de caminhões. Os trechos com restrição incluíam a Avenida Washington Luiz e a Rodovia Adhemar Pereira de Barros, a SP 342.

Além disso, a restrição valia para caminhões com mais de 5 toneladas, que ficavam proibidos de trafegar entre 6h e 20h, aos sábados domingos e feriados.

O prefeito Carlos Henrique Dezena alega que o trânsito de caminhões pesados prejudica o turismo, o meio ambiente e trava a cidade. Segundo ele, há décadas a cidade pleiteia obras para desviar o trânsito destes veículos.

“Existe um projeto para uma alça viária desde 1973 e que até hoje não saiu do papel. Nós estamos dando um sinal de que estamos incomodados”, diz.

Em resposta, a Renovias nega que haja esse projeto, mas diz que tem buscado uma solução para o trânsito da cidade e aguarda aprovação da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

Confira nosso Mapa de Restrições para Caminhões – clique aqui.

 

Liminar contra restrições para caminhões na SP 342

restricao para caminhoes na SP 342 rodovia
Rodovia Adhemar Pereira de Barros, SP-342 | Imagem: Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Na sexta-feira, 12, a concessionária entrou com um pedido de liminar para anular o decreto do prefeito. O pedido foi acolhido pela Justiça de São João da Boa Vista.

Dessa forma, a liminar liberou o trânsito no trecho da SP 342, mas prefeito disse que irá manter impedimento em avenida, único acesso entre MG e São João da Boa Vista (SP).

 

Por Pietra Alcântara com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você pode gostar
posts relacionados