quinta-feira, agosto 5, 2021

Senado analisa PL que prevê a inclusão do tipo sanguíneo na CNH

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) poderá registrar obrigatoriamente a informação do tipo sanguíneo e do fator RH do motorista do veículo. Este é o Projeto de Lei (PL) 807/2021 de autoria do senador Ciro Nogueira (PP-PI) que está em análise no Senado. O objetivo da proposta é facilitar o atendimento médico das vítimas de acidentes.

“Nós sabemos que nos casos de acidentes graves de trânsito, a rapidez no socorro é fundamental para se salvar vidas. E uma medida que pode ajudar muito as equipes de saúde que trabalham nesses casos é garantir o acesso à informação sobre o tipo sanguíneo do paciente. Assim, caso seja necessário uma transfusão urgente de sangue, o atendimento será muito mais ágil”, comentou o senador à Agencia Senado.

Caso seja aprovado, o PL passará a valer apenas nas novas emissões da CNH, em um prazo de 90 dias após a publicação da lei. A CNH antiga, sem a informação do tipo sanguíneo e fator RH, continuará válida até a sua renovação. Ao renovar, a carteira de habilitação deve constar as novas informações.

Veja também: Perrengues para tirar a CNH com as novas regras do CTB

Médico aprova ter o tipo sanguíneo na CNH

Atualmente, em uma emergência, os profissionais utilizam o sangue ‘O negativo’ que é compatível com qualquer outro tipo sanguíneo. O exame para descobrir a tipagem sanguínea do paciente só é feito quando ele chega no hospital. Para o médico do SAMU de Bragança Paulista-SP, Lucas Certain, a medida será interessante.

“Isso pode conferir uma agilidade ao atendimento, nortear o atendimento no departamento de emergência e orientar as equipes”, disse Certain.

Segundo a Agência, com dados da Polícia Rodoviária Federal, somente neste ano, até 31 de março, foram registrados mais de 15.131 acidentes, com 35.169 pessoas envolvidas e 1.220 mortes.

 

Por Wellington Nascimento com informações da Agência Senado

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Você pode gostar
posts relacionados