terça-feira, setembro 28, 2021

Vendas de caminhões crescem quase 1% em novembro

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o mês de novembro segue a alta iniciada no segundo semestre deste ano, apresentando os melhores números da indústria automobilística no ano. As vendas de caminhões, por exemplo, tiveram alta de 0,9%.

Leia também: Foton entra no segmento de médios e lança caminhões no Brasil

expectativa de vendas de pesados
Vendas de caminhões crescem quase 1% em novembro.

Em geral, exportações e produção chegaram a superar os patamares de novembro de 2019, porém o mercado interno ainda gira 7,1% a menos que os resultados do ano passado.

“Os bons números de novembro dão alguma esperança para um 2021 melhor, desde que a pandemia seja controlada por vacinas, e que o ambiente de negócios no país seja estimulado por medidas de controle da dívida pública e reformas estruturantes que nos permitam ser competitivos”, afirmou o Presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes.

 

Caminhões

vendas de pesados

As vendas de caminhões em novembro tiveram crescimento de 0,9% em relação ao mesmo período em 2019. Comparando com outubro de 2020, também houve aumento de 15,6%.

No acumulado, houve retração: 79,8 mil unidades vendidas em 2020 até a novembro, contra 92,7 mil unidades no mesmo período do ano passado, o que representa -13,9%.

As exportações de caminhões tiveram redução em novembro: 3,3% a menos que em outubro deste ano. Em relação ao ano passado, as exportações aumentaram.

Foram 1.426 unidades exportadas em novembro deste ano. Já em 2019, foram 1.242 unidades, o que representa crescimento de 14,8%. No acumulado, houve queda de 7,8%.

 

Ônibus

o 500

Segundo a Anfavea, esse foi o pior mês para vendas de ônibus desde 2017. Foram 1,3 mil unidades de ônibus vendidas em novembro deste ano, contra 1,4 mil unidades no mês de outubro, representando 3,8 de queda. Em relação ao ano passado, houve queda de 16,6%, já que em novembro de 2019 foram 1,4 mil ônibus vendidos.

No acumulado deste ano, foram 12,7 mil unidades vendidas, contra 19 mil em 2019, com queda de 32,7%.

Nas exportações, foram 328 unidades de ônibus em novembro, contra 482 em outubro do mesmo ano. Isso representa queda de 32%. Em 2019, foram 645 unidades exportadas em novembro, o que representa queda de 49,1%. No acumulado, a queda representa 43%.

 

Máquinas agrícolas

oferta de fretes

O setor de máquinas agrícolas e rodoviárias, menos afetado que outros, registrou 4,2 mil unidades vendidas em novembro de 2020, contra 3,2 mil vendidos em outubro deste ano. Isso representa 5,8% de queda.

Em relação a 2019, houve aumento de 29,5% nas vendas. No acumulado, isso representa 3,8% de crescimento.

Nas exportações, foram 804 unidades exportadas no último mês, contra 797 em outubro, o que resulta em 0,9% a mais. Em novembro de 2019, foram 1,1 mil unidades.

 

Por Pietra Alcântara com informações da Anfavea

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Inscreva-se nos nossos informativos

Você pode gostar
posts relacionados